Ótica Revista 2016

 

www.oticarevista.com.br | oticarevista@oticarevista.com.br

Rua Conselheiro Nébias, 1442 - São Paulo, SP / Telefone (11) 3221-5355

 

Siga-nos

                                                                                                   WhatsApp

 

 

 

11  97138-5355

 11 97138-5355

Novo exame oftalmológico em maternidades detecta doenças e lesões oculares precocemente em recém nascidos

Hospitais como Santa Joana e Pro-Matre Paulista já disponibilizam o exame para diagnóstico completo da saúde ocular do bebê. Esta em fase de implementação outros hospitais

São Paulo, outubro de 2017 -  A cada minuto uma criança fica cega no mundo. O dado é da Sociedade Brasileira de Oftalmologia que alerta que 75% dos casos de cegueira são resultado de causas previsíveis e/ou tratáveis. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de cada dez casos de perda de visão, oito poderiam ser evitados se detectados precocemente.

Quando um bebê nasce, ainda no hospital é realizado um exame para verificar a saúde ocular da criança, chamado exame de reflexo vermelho. Este exame é pouco preciso pois consegue detectar somente a catarata congênita e alguns tipos de tumores deixando de diagnosticar outras patologias graves. Somente se houver alguma anomalia a criança é encaminhada para investigação. “Este procedimento faz parte do protocolo das maternidades”.

Na investigação é realizado exame manual chamado retinoscopia, porém este exame consegue mapear apenas 30 graus do campo ocular sendo pouco efetivo. Doenças como retinoblastoma (tumor no olho) e outras patologias graves que se desenvolvem na infância dificilmente são detectáveis.

De acordo com um estudo realizado na China, de cada 7 recém-nascidos, um apresenta algum tipo de patologia ocular. Sabe-se, também, que mais de 80% do aprendizado da criança nas escolas se dá por meio da visão.